VELHICES: Obra Literária promovida pela Fundaçao Perseu Abramo

Velhices 1 3Velhices, Perspectivas e Cenário atual na Pesquisa Idosos no Brasil, é uma coletânea de catorze ensaios escritos por especialistas sob a organização acadêmica de Celina Dias Azevedo¹ e realização da Fundação Perseu Abramo publicada pelo Sesc/SP. A obra oferece análises que contribuem para superar os desafios contemporâneos relacionados ao envelhecimento no país.

Mas por quê “VELHICES” no plural? Segundo a pesquisadora e organizadora da obra – “em Gerontologia costumamos nos referir a velhices em vez de velhice, no singular, para denotar o quanto o envelhecimento é um processo individual e sujeito a questões para além do biológico. Dessa maneira quer se reforçar também, a idéia de que não existe modelo que deva ser seguido para um bom envelhecer. Mas há outros aspectos a serem considerados (..)”

Qual seria o aspecto interdisciplinar com Viagem e Turismo? Obviamente o velho/a (idoso/a) também viaja e também deve ter acesso ao lazer de maneira efetiva. Nesse sentido a obra traz reflexões sobre “Lazer e Envelhecimento Satisfatório (Regiane C.Galante) e sobre “A judicialização das Relações Sociais em Perspectiva” – acesso a justiça – (Theophilos Rifiotis).

Existe no Brazil uma carência de políticas públicas voltadas para essa população que aumenta a cada ano. Em clássico estilo acadêmico de qualidade e abordagem profunda o  livro traz um rico material que aponta os direitos dessa classe de indivíduos e apresenta uma seleção de gráficos sobre vários temas afetos aos idosos/as.

    1. Doutora em Ciências Sociais e mestra em gerontologia pela PUC-SP, Especialista em Gestão de Programas Intergeracionais pela Universidade de Granada (Espanha) e em Gerontologia Social pelo Instituto Sedes Sapientiae. Editora da Revista Longeviver, do Portal do Envelhecimento.

 

Veja também:

A vulnerabilidade do viajante no contexto dos contratos de viagem e turismo.

O meio ambiente virtual e a hipervulnerabilidade da pessoa idosa.